Wednesday, 16 May 2007

Finalmente a review completa!

Ok, se já leram o post anterior a este já devem ter percebido que no Sábado fui ver os Gift com a minha "crue" (como se diz no mundo do hip-hop)!
Depois de muitas das pessoas que vinham connosco terem dado "o golpe" na fila para chegarem perto de nós (pormenor dispensável), de termos entrado a correr e de depois de termos entrado um dos gajos que ultrapassámos ter dito para o puto que vinha com ele: "Olha filho, os que nos passaram à frente!", sem comentários!
Ok. Entrámos.1ªFila. Tudo bastante bem!
Demorou bastante tempo até começar, mas foi bastante engraçado gritar "Kalashnikov!" enquanto o Bruno Simões olhava....Lol!
Finalmente começou!!!!A Nice and Sweet fez-nos aquecer. A Sónia piscava-me o olho. Ainda se lembrava de mim!!A minha amiga Ana Maria dizia-me "A Sónia estava a olhar para ti!". Eu sorria.
Seguia-se o Mirror. Toda eu dançava de braços no ar a abanar-me lentamente de um lado para o outro. Quando reparei já estava toda a gente a fazer basicamente o mesmo....Lindo!!!
A seguir a Sónia falou um bocadinho e começou um dos momentos mais altos da noite: a Fácil de Entender.
Esta música já não me faz sentir o mesmo de quando era faixa escondida no Am/Fm, mas continua a ser bastante bom cantar em coro com não sei quantas mil pessoas esta bela música...
A Sónia referiu-nos na parte final dizendo "Porque é que só estou a ouvir aqui a fila da frente?" a resposta é Fácil de Entender!
De seguida 645. A Sónia refere-a como "esta vai ser o próximo single do nosso Fácil de Entender", e ao ouvir isto, a Ana Maria tira o Dvd da mala e começa a dançar com ele na mão...um momento...cómico!!!Só me lembrava de, no CCB, onde assisti no palco, ver um gajo no público que passou o concerto todo com o Dvd na mão...
Não sei se foi agora a seguir, se foi antes, mas quando tiraram aqules placares brancos de frente dos leds, o Nuno tocou o instrumental do Concret e eu mais dois de nós começámos a cantar a parte do coro do Me,My self and I (uma gafe bastante grande!), só depois é que eu me lembrei "Ups! Isto é o Concret!". O Nuno que nos desculpe...
Driving you slow: Esta música mexe imenso comigo....Mal ouço o refrão desato aos pulos ...Mas os pulos não foram tantos como eu queria, porque quando desatei aos pulos tinha a Lúcia, a Sofia, a Catarina e ainda o gajo que estava atrás de mim, a olhar para mim com cara de "esta passou-se!" e passei-me mesmo. Esta música deixa-me speedada!
Aí estava a 11:33. Todos nós com a mão direita no ar a cantar e a dançar...Esta música foi "aquela música". A música que me fez apaixonar pelo Gift. Ainda hoje gosto muito dela.
O Music. Muito bom!!!!!!!!!Aquele refrão...Ainda me lembro de no Coliseu, quando os Gift saíram de palco, cantarmos este refrão em português!
E nas palavras da Sónia "esta é para dançar...se quiserem uns com os outros!". Uns com os outros não. Mas todos náos dançávamos...E no final cantámos "Paparapapapapaa". O acordeão do Nuno não se ouvia quase nada. Sinceramente, achei o palco pequeno e o som não era muito forte...
Outro dos momentos altos: o Pure. Tinha imensas saudades desta música ao vivo!Mas começou o refrão começámos todos logo :"Papapapaparauara!", um bocado descoordenados, mas o que conta é a intensão...Amei!
Aí estava o Question of Love: Outra música que me faz ficar totalmente descontrolada...Os pulos e os braços no ar continuavam.
A primeira parte estava feita. O melhor estava para vir. Os seis magníficos despediam-se com "até á próxima". Embora toda a gente soubesse que eles iam voltar para tocar mais, decidimos gritar "só mais uma!"
Pensava que iam só tocar o So Free ou a Fácil de Entender, mas não.
Era a 1977, o Rafa, o Bernardo e o Gonçalo dançavam quase como se tivessem num concerto de hip-hop. A Sónia sorria. Eu, a Catarina e a Ana Maria estavamos a bater palmas, o que fez com que a Sónia nos voltasse a referir com "Porque é que só 3 pessoas aqui é que estão a bater palmas???".
Adoro a parte que começa a seguir ao "pianinho"....Genial!
De seguida, Ok!Do you want something simple?, com aqule belo sample do "In Da Club" do 50 Cent, que fez com que aquele ambiente hip-hop voltasse.
Depois era o So Free, aí já eu pensava que o concerto ia acabar. Já recordava estas perto de duas horas de concerto em boa companhia. Outra das músicas que me faz vibrar. A única coisa de que não gostei foi de, mais ao menos a meio, o grupo que estava atrás de nós começar a gritar "Olé!Olé!E salta Sónia!Olé!"...enfim...gente que não conhece o So Free. Adoro a performance do Nuno. Aquela antena e a parte em que ele salta pelo palco a cantar. Adoro. Nuno, és o maior!
No final, a minha alegria aumentou quando a Sónia disse "Não ficamos descansados sem tocar mais uma música". Lá estava a Fácil de Entender, e toda a gente a cantar em coro mesmo antes de a música começar.
No final agradeçeram, e quando saíram de palco o Mr.Tiago teve a bela ideia de mandar água para o público. Ora para quem como eu estava mesmo no centro....para além das manchas de suor tinha também a água que o Tiago mandou.Lol!
Depois ficámos um bocadinho a fazer a review, e depois cada um seguiu o seu caminho!
Agora a avaliação geral:
Público: Sinceramente, como o concerto era à borla, estava lá quem gosta, quem não gosta, quem odeia, quem não conhece, quem é fanático, etc.
Os próprios Gift: Achei-os um pouco cansados, mas conseguiram estar à altura, como sempre!
Alinhamento: As saudades destas músicas eram tantas que, de facto, adorei!!!
A companhia:Amei!!!!Obrigada a todo o meu pessoal!

Muito obrigada aos Gift por nos surpreenderem sempre!!!
"Because you will always be my love, and you will always be the one..."

4 comments:

Alexandre Cardana said...

aqui ficam algumas fotos se quiseres mais boas memórias. boa review ;)

http://www.hi5.com/friend/photos/displayUserAlbum.do?albumId=86697503&ownerId=1081031

Miguel said...

Foi bué fixe o conserto, não estava á espera!!!
Quando cheguei a música que estava a dar cá fora, pensei que fosse melhor do que o conserto, mas foi muito fixe....
Gostei da música Nice and Sweet...
Xau...

Miguel said...

"mas quando tiraram *aqules placares"

"Mas todos *náos dançávamos"

"mas o que conta é a *intensão."


Muito bem se dizes dos erros do meu blog aqui estão os do teu:

*aqueles
*nós
*intenção

ok!?
Como vez todos damos erros...

Nice and Sweet said...

Shôr Miguel:

Ao menos os meus erros são de escrever muito rápido (como tu muito bem sabes)e não a nível gramatical, "OUVISTES"!?!?!?Estou no gozo!

Boas férias!

Beijinho bom*!