Friday, 5 September 2008

A banda sonora deste Verão


[Legenda: Volta de Björk; Selma songs (Dancer in the dark soundtrack) de Bjork; Viva la Vida de Coldplay; Sons de verão (selecção Fnac) Vários artistas; Wagner Orchestral Highlights pela Orquestra Filarmónica Eslovaca; "Mozart at eight" Sonatas for Keyboard and Flute, K.10-15, por Carol Wincenc (flauta) e Gena Raps (piano)]

Estes são os discos que me acompanharam durante estas férias.

O primeiro álbum foi talvez o mais tocado, estando eu numa "Fase Björk" e sendo um álbum com uma sonoridade bastante diferente dos discos anteriores desta grande senhora.
O tema "The Dull Flame of Desire" é sem dúvida o meu favorito.

O segundo é a banda sonora do filme que mais me marcou até hoje, "Dancer in the Dark", um filme lindíssimo com banda sonora a rigor.

O terceiro álbum dispensa apresentações, "Viva la vida" dos Coldplay, e tenho a certeza de que não fui a única a tê-lo na banda-sonora deste Verão.
"Lost", "Yes" e "Viva la vida" são os meus temas de eleição.

O quarto álbum a fazer parte desta minha selecção é uma compilação da Fnac (passo a publicidade) que conta com grandes nomes como Bloc Party, Editors, Broken Social Scene, dEUS, Josh Rouse, entre muitos outros, e a um preço bastante em conta.

O quinto álbum achei-o numa promoção a 3,99€, o que pode ser considerado uma pechincha tendo a qualidade que tem, e aconselho a todos os que apreciam música clássica.

O último álbum desta minha selecção é também de música clássica, mais concretamente de Sonatas de Mozart para flauta transversal e piano e é muito, muito bonito, nada pesado e para ouvir em qualquer altura. Por 6€.

E pronto, aqui fica a minha sugestão. See ya!

1 comment:

Marta said...

Bem, para além da escolha evidente dos Coldplay, que também tem inundado o meu leitor de mp3, não conheço muito de Bjork... Mas vou já tratar de ouvir alguma coisa aqui pela net! O que tem andado a povoar mais os meus ouvidos são David Fonseca, Toranja, Silence 4, e também alguma música brasileira, como Marisa Monte, Tom Jobim, Los Hermanos... Ando numa fase de descoberta musical, sem deixar de ouvir os habituées nos intervalos! ;)

Jinhos!